EnglishPortuguese
EnglishPortuguese

Auxílio-doença pode ser suspenso pelo INSS

Sumário

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pode suspender o auxílio por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) de pelo menos 85.191 beneficiários, por não terem marcado a perícia médica após pente-fino.

O prazo inicial acabava nesta quinta-feira (11). No entanto, o INSS informa que prazo para esses segurados agendarem a perícia vai até a próxima sexta-feira, 19 de novembro.

Caso o segurado não agende sua perícia dentro deste prazo, poderá ter seu benefício suspenso.

O que acontece se o segurado não agendar ou não comparecer à perícia agendada?

No caso de não atendimento à convocação para agendamento ou de não comparecimento na data agendada, o benefício será suspenso até o comparecimento do interessado.

Após 60 dias da suspensão realizada, a situação do benefício poderá ser convertida em cessação definitiva do benefício.

Você teve seu benefício suspenso pelo INSS? Saiba como reativar seu benefício aqui!

Onde agendar perícia médica do INSS?

O agendamento pode ser feito pelo site www.meu.inss.gov.br e aplicativo Meu INSS, ou por meio de contato telefônico com a Central de teleatendimento, ligando para o número 135, que funciona de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Quais documentos devo apresentar na perícia do INSS?

Na data agendada para a realização da perícia, deverão ser apresentados os documentos pessoais, além de toda a documentação médica que o segurado disponha, tais como laudos com CID, atestados, receitas e exames recentes.

Entenda o caso da possibilidade de suspensão do auxílio-doença

Em agosto, o INSS convocou cerca de 173 mil segurados que estão há pelo menos seis meses sem passar por perícia médica.

Desse total, 95.588 foram convocados via publicação no Diário Oficial da União no dia 27 de setembro para agendarem a perícia médica de reavaliação do benefício por incapacidade por não terem sido encontrados ou não terem marcado o exame.

No entanto, apenas 10.397 segurados agendaram a perícia médica revisional até o momento – ainda faltam 85.191 segurados.

De acordo com o INSS, as pessoas convocadas por meio do Diário Oficial não foram localizadas nos endereços da base de dados do órgão ou receberam a carta de notificação, mas não marcaram a perícia.

Como saber se estou entre os convocados?

Para verificar se você está entre os convocados é necessário abrir o edital de convocação e procurar pelo seu nome ou número do benefício previdenciário.

Os nomes estão em ordem alfabética e o benefício social está sem qualquer pontuação (apenas números). É importante conferir se o número do benefício é mesmo o seu para evitar confusão com homônimos (pessoas com nomes iguais).

A relação completa dos convocados pode ser consultada no Diário Oficial da União.

Fui convocado para a revisão: o que devo fazer?

Confira abaixo o passo a passo para agendar uma perícia médica pelo Meu INSS:

  • Faça o login no Meu INSS;
  • Clique em “Do que você precisa?”, escreva “Agendar Perícia” e, em seguida, em “Novo Requerimento”;
  • Escolha entre “Perícia Inicial”, se for a primeira vez, ou “Perícia de Prorrogação”, se já estiver em benefício;
  • Siga as orientações que aparecem na tela;
  • Informe os dados necessários para concluir o seu pedido.

Quer saber qual a carência e os requisitos exigidos para receber o auxílio-doença? Saiba tudo sobre o auxílio-doença aqui!

Quando sai o resultado da perícia?

O resultado estará disponível para consulta após as 21 horas do dia da perícia no Meu INSS (aplicativo ou site gov.br/meuinss) e pelo telefone 135.

E se o resultado da perícia não sair?

Caso o resultado não esteja disponível depois do prazo, pode ser que haja alguma pendência no benefício. O segurado deve entrar em contato com a Central de Atendimento 135 e, em caso de constatação de pendência no benefício, deverá solicitar, através da Central, o serviço “Acerto pós-perícia”.

O resultado da sua perícia ainda não saiu? Saiba como resolver pendências após a perícia com o Acerto pós-perícia aqui!

O que fazer se o segurado não puder comparecer na perícia?

Se o segurado não puder comparecer à perícia no dia agendado, inclusive por motivos de dificuldade de locomoção, poderá reagendar a perícia uma única vez, desde que justifique o motivo. Isso deve ser feito até um dia antes da data marcada, pelo Meu INSS (aplicativo ou site gov.br/meuinss) ou pelo telefone 135.

Para maiores informações, esclarecimento de dúvidas ou consulta para entrada de pedido, clique aqui e fale conosco 

Deixe um comentário

Siga-nos Nas Rede Sociais

Categorias
×

Vamos Conversar?

Clique na atendente

×