EnglishPortuguese
EnglishPortuguese

INSS libera Prova de Vida Digital

Prova de vida digital para servidores aposentados e pensionistas

 

Desde agosto do ano passado, a prova de vida também pode ser feita através de biometria facial por meio do aplicativo ou site Meu INSS. A medida inicialmente incluía beneficiários com mais de 80 anos ou com restrições de mobilidade. 

 

No dia 23 de fevereiro, o governo anunciou a ampliação da prova de vida digital. No entanto, como se trata de um piloto, o procedimento estará disponível apenas para os beneficiários selecionados e não para todos. 

 

Esses segurados, em sua maioria, já deveriam ter realizado o procedimento da prova de vida ou tiveram o benefício suspenso antes da pandemia, por falta da fé de vida, portanto, é importante que realizem o procedimento se forem contatados pelo INSS.

 

O beneficiário que participar do piloto e realizar a prova de vida por biometria terá o procedimento efetivado, ou seja, não é um teste. A fé de vida valerá e o segurado não precisará se deslocar até uma agência bancária para comprovação complementar.

 

Prova de vida digital: nova etapa

 

No último dia 15, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) liberou para os servidores públicos aposentados e pensionistas a realização da Prova de Vida na modalidade digital.

 

Este procedimento, permite que o servidor apresente a comprovação sem o comparecimento presencial à agência bancária, podendo ser realizado a qualquer hora e em qualquer lugar, seja no Brasil ou no exterior. 

 

Para realizar a Prova de Vida Digital é preciso que o segurado tenha a sua biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Detran). Dessa forma, caso o servidor não possua esse cadastro, ainda é preciso realizar o procedimento no banco.

 

Outra novidade do sougov.br é que todos os beneficiários – independentemente de ter ou não biometria – podem acompanhar a situação da prova de vida por meio do aplicativo, e também obter o comprovante e receber notificações para lembrar do prazo para a realização da comprovação.

 

Como faço para realizar a Prova de Vida pelo aplicativo SouGov.br?

 

Lembre-se, para realizar o procedimento é necessário ter acesso ao gov.br, instalar, em seu celular, o aplicativo SouGov.br e o aplicativo Meu gov.br.

 

Após instalação dos aplicativos, siga o passo a passo e realize a sua prova de vida.

 

1º Passo: 

 

Acesse o aplicativo SouGov.br e, na página inicial, clique nas linhas ao lado do nome SouGov.br e depois na opção “Prova de Vida” para saber se a sua situação está “Regular, “Pendente” ou “Em Atraso”:

 

2º Passo:  

 

Podem aparecer três situações na tela:

 

  • Regular: significa que você não precisará realizar o procedimento de comprovação da Prova de Vida. 
  • Pendente: significa que você está dentro do ciclo, de três meses, para realizar a Prova de Vida. Clique em “Instruções para Prova de Vida” para iniciar o procedimento. 
  • Em Atraso: significa que você ultrapassou o período de três meses para realizar a Prova de Vida, mas é possível fazer o procedimento mesmo assim. 

 

Clique em “Instruções para Prova de Vida” para iniciar o procedimento. 

 

3º Passo:

 

Leia com atenção as orientações e depois clique em “Entendi! Abrir Meu gov.br”, para ser direcionado para o aplicativo Meu gov.br:

4º Passo: 

 

No aplicativo “Meu gov.br”, clique em “Entrar com gov.br”. Digite o seu CPF e clique em “Avançar”, em seguida, digite sua senha e clique em “Entrar”:

5º Passo: 

 

Clique em “Autorizar” e depois em “Realizar Validação”:

6º Passo: 

 

Clique em “Permitir”:

7º Passo: 

 

Siga as instruções do aplicativo para realizar a Validação Facial e depois clique no botão marcado para tirar foto. Após receber a mensagem de sucesso da Validação Facial, volte ao aplicativo SouGov.br para consultar a situação da sua Prova de Vida:

ATENÇÃO: A prova de vida digital é feita exclusivamente pelo canal oficial do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), nunca por meio de WhatsApp. O segurado pode receber um e-mail, um SMS, uma carta ou ligação do INSS, sempre por meio dos canais oficiais de atendimento: Meu INSS, Central de Atendimento 135, ou SMS identificado como 280-41. Fique atento e evite golpes. Caso o cidadão tenha sido notificado e tenha alguma dúvida, poderá ligar no 135, telefone oficial do INSS.

 

INSS voltará a bloquear benefícios por falta de prova de vida

 

Com a obrigatoriedade suspensa desde março do ano passado, por conta da pandemia, as provas de vida serão retomadas a partir de junho.

 

Assim, aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) terão que voltar a fazer prova de vida para não terem seus benefícios bloqueados. 

 

Para essa retomada, o INSS estabeleceu um novo calendário, baseado no mês em que a comprovação de vida teria sido feita se não tivesse havido suspensão. 

 

Quando fazer a comprovação?

 

A Prova de Vida dos aposentados e pensionistas do INSS está suspensa até o dia 31 de maio de 2021. No entanto, a partir do mês de junho de 2021, ela volta a ser obrigatória para todos os beneficiários.

 

Dessa forma, para não ter seu benefício cortado, fique atento aos novos prazos de realização da prova de vida.

 

Confira abaixo o novo calendário para a realização da Prova de Vida do INSS:

 

Prazo original de vencimento          Novo prazo em que deve ser feita

Março e abril de 2020                                Junho de 2021

Maio e junho de 2020                                Julho de 2021

Julho e agosto de 2020                              Agosto de 2021

Setembro e outubro de 2020                    Setembro de 2021

Novembro e dezembro de 2020               Outubro de 2021

Janeiro e fevereiro de 2021                       Novembro de 2021

Março e abril de 2021                                 Dezembro de 2021

 

ATENÇÃO: O INSS alerta que, para os beneficiários que deveriam ter realizado a prova de vida por meio digital em fevereiro de 2020, o prazo para realizar a comprovação se encerra em 31 de maio.

 

O que é a prova de vida?

 

A prova de vida é um procedimento obrigatório para os segurados do INSS que recebem seu benefício por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético. Anualmente, os segurados devem comprovar que estão vivos, evitando fraudes e pagamentos indevidos de benefícios.

 

Realizada todos os anos, a comprovação de vida é exigida para a manutenção do pagamento do benefício. Para isso, o segurado ou algum representante legal ou voluntário deve comparecer à instituição bancária onde saca o benefício com documento de identificação. Em algumas instituições bancárias, esse procedimento já pode ser feito por meio da tecnologia de biometria direto nos terminais de autoatendimento.

 

Como é o procedimento nas instituições financeiras

 

Algumas instituições financeiras fazem a prova de vida por meio de biometria digital, com o reconhecimento da impressão digital do segurado pela máquina de autoatendimento.

 

Outros exigem a apresentação de um documento com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho ou carteira de habilitação) a um funcionário para que a atualização de dados seja concluída.

 

Uns consideram que a prova de vida deve ser feita no mês de aniversário do segurado. Outros optam por convocar o interessado quando se completa um ano do último procedimento.

 

Em geral, os bancos informam aos beneficiários sobre a necessidade de recadastramento por meio de mensagens informativas apresentadas nos meios eletrônicos de relacionamento com os clientes.

 

Para maiores informações, esclarecimento de dúvidas ou consulta
para entrada de pedido, clique aqui e fale conosco

Deixe um comentário

Siga-nos Nas Rede Sociais

×